Verdades universais do paladar (1)

* CUIDADO: já aviso que não leiam aqueles que facilmente sentem-se ofendidos com textos repletos de generalizações. Quem se encaixar em alguma exceção, por favor, os comentários estão aí para isso.

Não é preciso muito tempo de convivência comigo para saber que existe uma Magali dentro de mim. Ou, como diriam alguns amigos meus, “que eu como feito um guri”. No entanto, mesmo os melhores de garfo mantêm alguns critérios gastronômicos. Listo aqui algumas observações e classificações que fiz sobre o assunto durante a vida:

Alimentos que ninguém com menos de 50 anos gosta
* frutas cristalizadas – Ora!!! pra quê comer isso? Uma paradinha que nem tem gosto de fruta, com cores bizarras e que mais parece aquelas cascas que se formam na gelatina do que qualquer outra coisa.
* doce de abóbora – vamos combinar que até aquela abóbora com carne moída que a mãe da gente faz só se come por questões de pirâmide alimentar. Agora, doce de abóbora? pior ainda aquelas que parecem uma cocada laranja e que vem em bandeijas de isopor, argh! (tá, já tô até vendo os comentários do tipo: “isso porque tu nunca comeu o da minha vó”. Ah, não vou comer mesmo. Nego, nego, nego!)

Alimentos que não tem como não gostar
* queijo – ahn? como assim? repete: tu não come queijo? Como é que tu sobreviveu a todos aqueles aniversários da turma
de adolescência, comemorados em rodízios de pizza?
* batata frita – ah, não. Não tem como fazer qualquer comentário. Pessoas que não gostam de batata frita não merecem crédito.
* maionese – fala sério? maionese, a mãe salvadora de todas as comidas sem sabor. Quem nunca salvou aquela massa sem sal ou que ficou uma paçoca com o famoso dueto maionese e catchup?

to be continued…

Anúncios

5 respostas em “Verdades universais do paladar (1)

  1. Oie Maria Rita
    Concordo plenamente com a história das frutas cristalizadas e do doce de abóbora, na verdade, a abóbora em si já é um alimento altamente questionável. Mas conheço um alien que não come queijo: a Aline. Há boatos de que ela se julga normal…

  2. qdo eu era criança eu não gostava de batata frita. Hj até como, mas sem o tesão gastronômico que muitas pessoas têm hehehe

    Já maionese, meu deus! Melhor de todas: a maionese do Cavanhas hahahaha

    E viva a comida gordurosa!!!!

    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s