O parâmetro

A mim, acreditar é sempre um preço muito alto. Não acredito, não desacredito.

Mas tem sempre alguém que barganha pelas minhas crenças. Ou melhor, tem sempre alguém com menos motivo para acreditar, mas cava suas crenças.

Tem sempre esse alguém que não diz uma palavra, não reza uma prece, não conhece os templos. Mas acredita no adiante.

Não parece, mas eu quero aprender contigo, com os de antes. Com ele, que disse ter mudado um destino por amor a uma criança de 10 anos que seria levada embora.

A mim, acreditar é sempre um preço muito alto. Não acredito, não desacredito. Mas o parâmetro, o parâmetro que tomo de empréstimo, sempre me surpreende.

Anúncios